Guaira

08-09-2016 Ameaça >> Paraguaios ameaçam médico e enfermeira na UPA de Guaíra

Por volta das 23 horas da quarta-feira (07), após receber chamado via 190, uma equipe da Polícia Militar seguiu em diligências até a UPA 24 Horas, em Guaíra.

Os militares foram informados que chegou na UPA um grupo vindo do Paraguai, juntamente com uma ambulância daquele país que transportava um homem de origem paraguaia, intubado, vítima de disparos de arma de fogo.

A vítima chegou acompanhada de médico e enfermeira, que teriam realizado os primeiros atendimentos em Salto del Guairá, no Paraguai, local onde teria ocorrido o fato da lesão.

Após serem orientados pelas enfermeiras da UPA que o paciente já tinha recebido os primeiros atendimentos ainda no Paraguai e que tinha que retornar para lá, as pessoas que acompanhavam a vítima empurraram o médico e a enfermeira contra a parede e os ameaçaram de morte, além de danificar duas portas da sala de emergência, e se retiraram do local em veículos com placas paraguaias, juntamente com a ambulância e a vítima.

Diante dos fatos, a equipe da Unidade de Pronto Atendimento foi devidamente orientada sobre as providências que poderiam ser tomadas.

Portal Voxnet (PM)

Voltar
Deixe Seu Comentário

© 2015 - Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Lazzari Agência Web