Educação

04-04-2014 Professoras de Guaíra intensificam pacto pela alfabetização na idade certa

O Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa é um compromisso formal assumido pelo governo federal e também pelos governos estaduais e municipais e tem como objetivo assegurar que todas as crianças estejam alfabetizadas até aos oito anos de idade, ao final do 3º ano do ensino fundamental.

É fundamental que toda a sociedade mobilize-se, ou seja, aja coletivamente com o objetivo de alcançar os resultados almejados, que é o de garantir que todas e cada uma das crianças brasileiras esteja alfabetizada, no máximo, até aos 8 anos de idade.

Estar alfabetizado significa ser capaz de interagir por meio de textos escritos em diferentes situações; significa ler e produzir textos para atender a diferentes propósitos.

A criança alfabetizada compreende o sistema alfabético de escrita, sendo capaz de ler e escrever, com autonomia, textos de circulação social que tratem de temáticas familiares ao aprendiz.

Este ano de 2014 o curso presencial para os professores alfabetizadores terá carga horária de 160 horas,120 horas dedicadas à alfabetização matemática (LM) e à complementação dos estudos em linguagem (LP); b) 40 horas devem ser dedicadas ao reforço de conteúdos de linguagem (presenciais e não presenciais baseado no Programa Pró-Letramento, cuja metodologia propõe estudos e atividades práticas.

Os encontros com os professores alfabetizadores serão conduzidos por orientadores de estudo e o local do encontro será na Escola Municipal Erick Andersen às 19h todas as terças-feiras.

Os orientadores de estudo são professores das redes, que farão um curso específico, com 200 horas de duração por ano, ministrado por universidades públicas.

É recomendável que os orientadores de estudo sejam selecionados entre a equipe de tutores formados pelo Pró-Letramento no município ou estado. Os encontros das orientadoras acontecerão na UEM, em Maringá.

Em todas viagens para curso de capacitação na cidade de Maringá, as orientadoras e coordenara recebem ajuda de custo do Município para despesas e também apoio da SEMEC com todo material pedagógico como notebooks, data show entre outros materiais necessário para ministrar as aulas)

Através da Secretaria Municipal de Educação e Cultura, escolas irão receber materiais pedagógicos necessários para que os professores possam desenvolver o projeto e ministras suas aulas.

No Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa serão desenvolvidas ações que contribuam para o debate acerca dos direitos de aprendizagem das crianças do ciclo de alfabetização; para os processos de avaliação e acompanhamento da aprendizagem das crianças; para o planejamento e avaliação das situações didáticas; para o conhecimento e uso dos materiais distribuídos pelo Ministério da Educação, voltados para a melhoria da qualidade do ensino no ciclo de alfabetização.

Está previsto para final do ano o encerramento do curso com um seminário para avaliar as atividades desenvolvidas do PNAIC. O seminário será aberto a toda comunidade guairense.

Foram escolhidas para serem orientadoras as professoras Ana Albuquerque, Sandra Regina e Eliza Maria.

A coordenadora do Pacto é a professora Marli de Souza Jardim.

Voltar
Deixe Seu Comentário

© 2015 - Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Lazzari Agência Web